23 de Outubro de 2017

Linhares, 25ºC Nublado

NOTÍCIAS - Economia


Comércio do norte do ES recruta profissionais temporários para vendas de fim de ano

A expectativa é que 5 mil trabalhadores extras sejam contratados em todo o Estado e há chances de efetivação; profissional de RH dá dicas de como conquistar uma vaga.

11 de Out de 2017 Autor: Caroline Pereira

Comércio do norte do ES recruta profissionais temporários para vendas de fim de ano

O fim do ano é, tradicionalmente, um bom período para o comércio varejista. Datas comemorativas, como o Natal e o Ano Novo, estimulam os consumidores a irem às compras com mais disposição para gastar. É por isso que centenas de lojistas contratam trabalhadores temporários, seja para atender a demanda extra, seja para bater as metas.

Só no estado do Espírito Santo, cerca de 5 mil trabalhadores temporários deverão ser contratados pelo comércio, número maior do que os 2 mil recrutados no ano passado, conforme informou a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado (Fecomércio – ES).

Embora o contrato de trabalho tenha um tempo determinado, é comum que alguns empregadores efetivem os funcionários que mais se destacam ao longo do tempo. A Fecomércio-ES estima que a taxa de efetivação dos temporários capixabas possa chegar a 30%, ou seja, 1500 trabalhadores devem conquistar um emprego com carteira assinada. 

Recrutadores

Em Linhares, diversos lojistas pretendem contratar mão de obra temporária. No Mercadão Casa, a expectativa é recrutar mais seis funcionários para o setor de vendas. De acordo com Wesley Zava, gerente de vendas, e Dornélio Guaitolini, gerente geral, o processo seletivo deve começar no final de outubro. Os interessados não precisam ter experiência anterior, mas devem apresentar boa desenvoltura, ensino médio concluído, conhecimentos em informática e 18 anos completos, no mínimo. Os interessados podem entregar o currículo pessoalmente na loja.

Na rede Kely Modas, a intenção da proprietária é contratar 10 funcionários temporários para o fim do ano. “Queremos profissionais realmente dispostos a trabalhar, para termos a chance de ficar com alguns após o Natal. O mercado está cada vez mais competitivo e queremos ter um time de melhores profissionais. Para isso, aproveitamos o período do Natal para captar excelentes vendedores, com atitude, boa vontade e muita motivação”, revela Kely Aliny Neves. Os interessados podem entregar o currículo nas lojas até o dia 15 de novembro.

 

Já na Hot Line, a expectativa é contratar mais seis funcionários, também para a área de vendas. Segundo a supervisora do setor, Diácia Silva, a empresa possui um arquivo de currículos, mas os interessados podem entregar o documento pessoalmente nas lojas. O perfil buscado é de profissionais com experiência em vendas e boa desenvoltura.  

FOTO: Em Linhares, diversos lojistas pretendem contratar mão de obra temporária. Saiba qual o perfil do trabalhador que eles procuram (foto: Divulgação/PML)


 

 

© Todos os direitos reservados 2017 - Jornal Correio do Estado

É permitido a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, desde que citada a fonte.