Jornal Correio do Estado - O Jornal que todo Mundo lê

Matérias

Alguns pensamentos sobre GESTÃO

17 de Outubro de 2017

Alguns pensamentos sobre GESTÃO

Uma boa gestão é fundamental em todos os aspectos de nossa vida, se soubermos administrar adequadamente, conseguiremos ter maiores chances de êxito em nossos objetivos e metas.

Vivemos uma situação muito ruim no Brasil de hoje, com carência de bons gestores, principalmente na esfera pública. A atual classe política do nosso país tem demonstrado por décadas a sua total incompetência e falta de gestão por não conseguir cumprir aquilo que promete. As promessas (objetivos) são muitas, porém a entrega de resultados é pífia. Os resultados são muito fracos, bem longe do que fora prometido. Quando não atingimos os resultados almejados, devemos fazer uma reflexão para identificarmos os nossos erros e onde podemos aprimorar. Partindo desse princípio, segue abaixo alguns conceitos que julgo ser pertinentes no tocante à gestão:

1 - Administrar com recursos abundantes é extremamente fácil, qualquer um pode ser gestor assim. Não é necessário tanto preparo e talento para administrar com sobra de recursos, é muito fácil administrar assim. É fácil, mas também não é garantia de sucesso. Um gestor mal caráter e corrupto pode fazer um estrago nos cofres da instituição com recursos abundantes.

2 - Gerir é tomar decisões, sabendo que as necessidades são ilimitadas e os recursos são limitados. Esta é a grande equação que todo gestor deve equacionar. E onde se separa o joio do trigo.

3 - O bom gestor é aquele que faz o balanceamento entre necessidades e recursos, otimizando-os. Este é o maior desafio. E não é para qualquer um, somente os bons gestores conseguem fazer este balanceamento e agregar valor a todas as partes relacionadas ao negócio/instituição.

4 - Culpar a crise, a queda de receitas ou de arrecadação (sempre tem um culpado) é admitir uma incompetência quanto gestor. É praxe definir culpados para os insucessos e muitos “pegam carona” na crise e outros efeitos externos e deixam de prestar atenção aos aspectos internos da organização.

5 - O gestor é aquele que planeja e busca meios de romper esta situação, ainda mais em um cenário tão previsível quanto o que o Brasil vive hoje. O Brasil é um país instável, volátil e extremamente arriscado. Mas o cenário de crise pela qual estamos vivendo, foi muito bem previsto e divulgado. A crise era totalmente previsível, não pode ser considerada uma novidade. O bom gestor planeja e consegue visualizar com antecedência os cenários de dificuldades, sem ser pego de surpresa.

6 - São em cenários desafiadores que os gestores demonstram a sua competência. Um gestor competente é aquele que entrega o que promete, mesmo em um cenário adverso e de crise. Esta é a prova de fogo.

Resumindo, o Brasil de hoje precisa menos de Política e mais de Gestão!

Pense nisto! E como sempre digo: Vamos em Frente!

Abel Fiorot Loureiro

FOTO – REPRODUÇÃO/GOOGLE